quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Os Miseráveis, o jogo de Luta


Sabe uma coisa que a tempos não faço aqui é falar de um jogo de luta.
-Não uma coisa que vc não faz a tempos aqui é falar de quadrinhos!
Mas...
-Que é o motivo de existência desse blog...
Mas...
-E "mas" não inicia frase, pare de colocar ele com letra maiúscula.
Okay...vou tomar meus remédios e silenciar vc agora, Voz-na-minha-cabeça.

Do que ue falava?Ahh ism...quando eu penso em "les Miserables" eu lembro de?
A-Um livro que é tão grande que você nunca lerá.
B-Um musical da Broadway(como se música fosse algo valorizado no Brasil)
C-Um desenho infantil de 10 minutos dos Animaniacs
D-Um jogo de tabuleiro
E- Um jogo de luta!

....sério um jogo de tabuleiro?Bem...Hoje falara-emos do jogo de luta.

ArmJoe é uma paródia de jogos de luta, aonde jogamos com versão dos personagens dos Lés Miserables.
Desde seu título, Arm Joe é fonéticamente parecido com "Ah, Mujou" o nome da história em Japonês, até seus personagens:
-Jean Valjeve e uma cópia robotíca de si.
-Cosette (que em metade dos golpes ela precisa da ajuda de Jean.
-Javert e uma horda de policiais
-uma Eponine femme fatale/Ninja
-Enjorlas totalmente Bishoj(não me importo como se escreve), com um especial divertido de "errar um tiro e matar um policial".
-Marius (Estranhamente mudo no jogo)
-Versões cômicas dos Thenardiers.
Fora os personagens:
Pompom : Um cavalo de pelúcia de Cosette.
Um policial genérico.
E Judgement:  o Julgamento final por onde todos tem que passar....e ninguém passa por ser um chefão final extremamente apelão.



O jogo é feito com a enguine "2D fighter creator", que é uma versão mais fácil,mas podre do  Mugen(e bem mais popular no Japão), então o jogo é recheado de problemas de detecção de movimentos, e de sprites do gráfico.

A jogabilidade é divertida, seu criador (Takase), que sempre afirma ser horrível em jogos de luta, só sabendo jogar Super Smash Brothers, faz um meio termo desse jogo com Street DFighter, os personagens são desbalanceados e com jogabilidades distintas.

Na verdade não posso falar muito dos golpes e diferenças, como não possuo caracteres japoneses no PC, na hora de configurar o controle não entendo o que cadas botão faz, a enguine claramente configura os controles como se fosse um jogo da Capcom, mas o jogo em si não utiliza os 6 botões, e esses não estão separados em "soco/chute".


Esse jogo necessita que alguma alma caridosa produza uma segunda versão (principalmente pq temos uma falta falta enorme de um Gavrouche), melhorias nos cenários e adaptações das musicas , e principalmente finais individuaus para o caso dos deuses da revolução deixarem vc vencer o Julgamento....

pq na boa todo trabalho pra ver uma fotinho da Epopine....foi chato
Pô...nem mostrando as tetas...

Arm Joe é um daqueles espetaculares jogos que vc precisa saber que existe, aliás ele é um jogo gratuíto, vc pode encontrar ele em vários sites....mas recomendo que não baixa ele no Baixaki...ou vai receber 3 programas spam juntos.

E cacete....realmente vencer o Chefão final é mais desproporcional que ser preso pro 20 anos por roubar pão...

2 comentários:

arthur curry disse...

Sinceramente,de onde vem essas ideias locas de artigos,parabéns pelo blog

Lance Sonovavish disse...

Essa idéia foi realmente ter achado o jogo...